Jovino é ameaçado de prisão por Forest

 

O vereador Jefferson Forest, do PT, relator da CPI que investiga Jovino Cardoso Neto, não descarta pedir a prisão preventiva do vice-prefeito por obstrução da justiça. Segundo o parlamentar, Jovino estaria atrapalhando as investigações, pois teria instruído familiares e o funcionário do gabinete, que é investigado por supostamente trabalhar na propriedade da família de Jovino durante o horário de expediente da prefeitura, a mentirem nos depoimentos dados à CPI.

A declaração do vereador foi dada na manhã desta segunda-feira (20) logo após o vice-prefeito conceder entrevista coletiva à imprensa. Durante a conversa com os repórteres, Jovino Cardoso Neto, do PSD, disse que iria denunciar o vereador Jefferson Forest por falso testemunho. Segundo Jovino, as acusações feitas por Forest, durante a sessão da CPI na última quinta-feira (16), são infundadas e tem caráter eleitoreiro. Jovino Cardoso disse que também vai levar o caso à polícia.

A CPI da Câmara de Vereadores investiga se um funcionário do gabinete de Jovino Cardoso Neto, teria trabalhado no sítio de propriedade da família do vice-prefeito, durante o horário de expediente da Prefeitura.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”