Janela partidária começa nesta quinta e promete movimentar bastidores da Câmara

Foto: Lucas Prudêncio / CMB

Para mudar de partido sem perder o cargo, os parlamentares precisam de um ajusta causa que convençam os tribunais eleitorais, como determina a lei eleitoral. Em anos de eleições foi instituída a chamada janela partidária, que permite a mudança de legenda sem perda de mandado. Neste ano, a janela abre nesta quinta-feira, dia 5, e segue até 3 de abril.

Entre os parlamentares de Blumenau, alguns já negociam com outras legendas. O vereador Bruno Cunha já definiu que vai deixar o PSB e ingressar no Cidadania. Marcelo Lanzarin acertou a saída do MDB, antes mesmo da abertura da janela. Na semana passada o partido anunciou o acordo. Lanzarin diz que tem convites de outras legendas e está em negociação.

Adriano Pereira já comentou sobre a possibilidade de trocar o PT pelo PSB. Quem também quer trocar de partido é o vereador Gilson, que não deve mais permanecer no PSD. Outro parlamentar que cogitou de mudar de sigla foi Ailton de Souza, do PL. Mas após a mudança de administração no diretório municipal o vereador informou que ficará na legenda.

Nas eleições deste ano não há a possibilidade de coligação na proporcional, a que defini as vagas no legislativo. Isso faz os parlamentares terem uma avaliação mais profunda sobre as condições de reeleição.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”