Igreja, residência e estabelecimentos comerciais são arrombados neste final de semana em Blumenau

Foto: Ilustrativa/Rádio Nereu Ramos.

A Polícia Militar de Blumenau registrou pelo menos quatro arrombamentos seguidos de furto neste final de semana no município. Os crimes aconteceram em uma igreja, duas residências e um estabelecimento comercial. Nenhum suspeito dos crimes foi localizado.

O primeiro foi registrado por volta das 7h de sábado, na Domum Café, localizada na Rua Nereu Ramos, no Bairro Jardim Blumenau. Segundo informações que o proprietário passou a PM, o forro do local foi arrombado, onde foram furtados 20 picolés, 10 halls, 15 barrinhas de chocolate, quatro energéticos, 13 cervejas long neck e cerca de R$ 20 em espécie. Em seguida, por volta das 12h, a loja Blucel Celulares, na XV de Novembro, foi alvo dos criminosos. Segundo o proprietário, foram furtados da vitrine quatro aparelhos de celular.

Ainda no sábado, no período da tarde, uma residência localizada na Rua Benjamin Constant, no Bairro Vila Nova, foi alvo dos bandidos. Segundo o proprietário, a porta da frente foi arrombada, e foram levados do local uma mochila, uma carteira com documentos e cartões e um par de sapato. O crime foi registrado por volta das 12h55min.

Já por volta das 15h55min, a PM foi acionada na Igreja Koinonia, na Rua São Paulo, na Itoupava Seca. O criminoso teria entrado por uma janela que estava quebrada e furtou uma televisão de 42 polegadas. Nos quatro crimes nenhum suspeito foi localizado.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”