Homem transtornado ameaça crianças é morto pela polícia em Blumenau

Valdomiro Pereira da Silva, de 46 anos foi morto baleado pela Polícia Militar na madrugada desta quinta-feira (20), em Blumenau. O caso aconteceu em uma residência localizada na Rua Alfredo Vogelbacher, no Bairro Velha Grande. Segundo informações da PM, o homem estava alterado e com uma faca e foice em mãos. Ele teria invadido a casa de um vizinho e tentado agredir os policiais.

Ainda segundo a polícia, tudo começou quando o homem estava jogando pedras nas casas dos vizinhos e fazendo ameaças a alguns deles. Quando os policiais chegaram ao local, o homem não se rendeu, nem largou as armas brancas. Os policiais teriam atirado com balas de borracha e com arma de choque, porém, sem sucesso para render o suspeito.

Em determinado momento ele teria entrado em uma residência de um vizinho onde haviam crianças sozinhas. Os policiais foram atrás e no momento em que o suspeito partiu pra cima dos policiais foi baleado. O homem era natural de Caçador e estava morando em Blumenau há pouco tempo. Ele possuía três boletins de ocorrência por violência doméstica e ameaça.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”

Um comentário sobre “Homem transtornado ameaça crianças é morto pela polícia em Blumenau

  1. João Carlos

    Faço das palavras de Bolsonaro, as minhas. “Bandidos tem que ser tratado como eles são: bandidos “

Comentários estãp fechados.