Hemosc reforça a necessidade de doação de sangue na temporada de verão

O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) reforça a necessidade de doadores para manutenção dos estoques. Com a pandemia da Covid-19, as doações de sangue diminuíram no estado. Durante a temporada de verão, esse desafio é ainda maior, já que nesta época as doações tendem a diminuir e a procura por sangue pode aumentar.

Os estoques estão, em média, 15% abaixo do nível adequado, dependendo da tipagem sanguínea. Nesta semana, estão em nível reduzido o tipo A positivo e o B negativo, e, em nível de alerta, que é bastante preocupante, os tipos O negativo e positivo e A negativo.

Para garantir a segurança das pessoas, a doação de sangue está funcionando com hora marcada, que pode ser por telefone ou agendamento direto no site. O Hemosc adotou várias medidas de prevenção nesta época de pandemia, como por exemplo, a readequação do espaço, aferição de temperatura e lavagem das mãos na entrada dos hemocentros e a intensificação da higienização em cada etapa do processo.

Para ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (jovens de 16 e 17 anos deverão estar acompanhados por um responsável legal) e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação sem gordura nas quatro horas antes da doação.

Para agendamentos, bem como mais informações sobre as etapas da doação de sangue e onde doar, acessar o site www.hemosc.org.br.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”