Há 90 anos nascia Lazinho, homem que mudou a história da política em SC e fundou a Rádio Nereu Ramos

Um homem visionário, empreendedor, que esteve sempre a frente do seu tempo com muita disposição e inteligência. Mudou a história e o mapa político de SC, foi protagonista do MDB, em tempos difíceis do regime militar. Austeridade, responsabilidade com a coisa pública e seriedade, foram as marcas do político Lazinho.

Em 1967, foi eleito Deputado Estadual. Já em 1969 foi eleito Prefeito de Blumenau, num pleito histórico. Durante o seu mandato, destacou-se pelo apoio à educação e ao ensino superior. Evelásio Vieira foi um dos principais incentivadores da criação da atual Universidade Regional de Blumenau (Furb). Já no ano de 1974, foi eleito Senador da República.

Como homem de comunicação, revolucionou o rádio blumenauense inaugurando em 1958 a Rádio Nereu Ramos. Inovou na programação, priorizando os interesses da população e o bom jornalismo. Hoje a emissora, com 25Kw de potência, é uma das que abrange maior área geográfica de Santa Catarina.

Lazinho nasceu em 27 de novembro de 1925, na cidade de Indaial. Mas foi em Blumenau que viveu a maior parte da sua vida e construiu sua meteórica carreira. Também foi presidente da Sudesul, Superintendência de Desenvolvimento do Sul e Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Turismo. Evelásio Vieira faleceu no dia 28 de junho de 2004, vítima de trombose mesentérica.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”