Governo do Estado reforça inteligência de dados para basear decisões relativas à pandemia

Foto: Mauricio Vieira/SecomSC

O Governo do Estado criou um núcleo intersetorial de inteligência de dados para ajudar na tomada de decisões dos agentes públicos durante a pandemia da Covid-19 em Santa Catarina. Parcerias estão sendo estabelecidas com entidades como a Associação Catarinense de Medicina (ACM) e o Social Good Brasil para qualificar a base de dados, fornecendo análises, modelagens e predições. Também serão aditadas ferramentas tecnológicas voltadas à prevenção e ao enfrentamento da Covid-19.

No caso da parceria com a ACM, o primeiro serviço disponível para os cidadãos será o envio de uma mensagem de celular (SMS) quando houver um caso confirmado da doença num raio de 200 metros da sua residência. As mensagens serão enviadas a partir deste sábado, seguindo o modelo abaixo:

O Governo de SC informa: Caso confirmado de COVID19 perto de sua residência (Número do CEP). Se puder, fique em casa. Se sair, use máscara. www.coronavirus.sc.gov.br

Da parceria com o Social Good Brasil, resultará a adoção de um modelo epidemiológico baseado na ferramenta utilizada pelo Imperial College, de Londres.

Uso de ferramenta de BI para detalhar avanço da Covid-19 em SC

Boletins mais detalhados

A partir do uso de uma ferramenta de Business Inteligence (BI), que foi mostrada pelo governador Carlos Moisés na coletiva desta sexta-feira (10), o Governo do Estado passará a divulgar boletins mais detalhados sobre o avanço da Covid-19 em Santa Catarina, com a evolução dos casos por cidade, entre outras informações.

Fonte: Secom/SC

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”