Governo do Estado confirma 1.995 casos de Covid-19

Santa Catarina já registrou 1.995 pacientes com teste positivo para Covid-19. O dado foi divulgado pelo governador Carlos Moisés em pronunciamento nesta terça-feira (28). Desde o início da pandemia, 44 óbitos já foram causados pelo coronavírus, número que não se alterou desde o dia anterior.

A partir desta terça-feira, o painel do Governo de Santa Catarina passou a integrar os sistemas do Ministério da Saúde, sendo eles: e-SUS VE e SIVEP Gripe, e assim os casos confirmados por teste rápido sorológico e os casos confirmados por critério clínico e vínculo epidemiológico passaram a ser contabilizados, o que explica o aumento do número de casos.

As cidades de Águas de Chapecó, Araquari, Fraiburgo, Maracajá, Palmitos, Santa Helena, Taió, Tigrinhos, Três Barras e Zortéa entraram na lista das que já têm pelo menos um caso confirmado, que agora tem 120 municípios. O local com a maior quantidade é Florianópolis, que contabiliza 334 casos, seguida por Blumenau (194), Joinville (168), Criciúma (113), Braço do Norte (92), Balneário Camboriú (90), Itajaí (80), Camboriú (68), São José (51) e Concórdia (49).

Ocupação de UTIs

Santa Catarina está com 94 pacientes internados nas redes pública e privada em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), entre casos confirmados de Covid-19 (59) e suspeitos (35). A ocupação de UTIs reservadas para pessoas com infecção por coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é de 15,2%. Atualmente, são 401 leitos no total. A recuperação evoluiu bem para 188 pacientes que deixaram a UTI e foram para leitos de enfermaria.

Fonte: Secom/SC

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”