Gilmar Knasel é suspeito de envolvimento em esquema que desviou mais de R$ 500 mil do Estado

Foto: Agência ALESC

O ex-deputado e ex-secretário de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel, do PSDB, e mais quatro pessoas foram presas suspeitas de criarem eventos fantasmas para desvio de dinheiro público. Knaesel está detido na carceragem da DEIC em Florianópolis, desde esta segunda-feira. Até agora foram apurados o desvio de R$ 551 mil em eventos inexistentes. Um ex-assessor de Knasel, que também estaria envolvido no esquema, está foragido.

Uma investigação realizada pela Divisão de Crimes Contra o Patrimônio Público da DEIC apurou desvio de valores da Secretaria Estadual de Esporte e Turismo de Santa Catarina. A fraude consistia no repasse de subvenções para Organizações Não Governamentais que não realizavam os eventos esportivos.

Os investigados foram indiciados pelos crimes de associação criminosa, estelionato, uso de documento falso, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e corrupção ativa. Após os trabalhos de Polícia Judiciária, os indiciados serão encaminhados ao Sistema Prisional.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”