Falta de policiais pode comprometer sistema de monitoramento da Polícia Militar

O maior problema da Polícia Militar em Blumenau para fazer o trabalho de repressão ao crime continua sendo a falta de efetivo. No último ano, 48 policiais deixaram a corporação, segundo informou o comandante do 10º Batalhão, Tenente Coronel Cláudio Roberto Koglin.

A situação não foi ainda pior devido a entrada de 44 novos policiais nos dois concursos realizados em 2013. Mesmo assim, no fechamento do ano, a cidade ficou com quatro soldados a menos que em 2012. Conforme Koglin, nem a possível vinda de mais PMs para a cidade deve resolver o problema.

Também devido a falta de efetivo, as 54 câmeras de segurança instaladas recentemente podem não atingir o devido objetivo. Os equipamentos gravam as imagens, mas o monitoramento precisa ser feito por pessoas e, neste caso, seriam necessários cerca de 50 policiais para fazer este trabalho.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”