Estado transfere para município responsabilidade por demora em credenciamento de leitos de UTI do Hospital Santo Antônio

A demora para o credenciamento dos cinco leitos de UTI do Hospital Santo Antônio, que podem ser fechados a partir de 1 de julho, foi provocada pelo município de Blumenau e não pelo Estado, segundo a Secretaria de Estado da Saúde. Conforme documentos apresentados pela secretaria, a direção do hospital entregou o pedido no dia 19 de dezembro do ano passado para a Secretaria Municipal de Saúde. Mas o documento só foi encaminhado ao Estado quase cinco meses depois, no dia 16 de maio deste ano.

O secretário de estado da Saúde, Vicente Caropreso, não sabe o motivo da demora da secretaria municipal para fazer o pedido. A secretária DE Saúde de Blumenau, Maria Regina de Souza Soar, estava em Florianópolis nesta quinta-feira e não pode falar sobre o assunto. Segundo a assessoria, ela só vai se pronunciar após tomar conhecimento dos fatos.

Nesta semana, o Hospital Santo Antônio informou que a partir de 1 de julho vai fechar os cinco leitos da UTI por falta de repasse. A diretoria do hospital culpou o estado pela demora no credenciamento, o que teria travado a chegada dos recursos.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”