Estado confirma 13.960 casos e 199 mortes por Covid-19

O Governo do Estado informou que há 13.960 casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina, sendo que 11.833 estão recuperados e 1.928 continuam em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira (15). Desde o início da pandemia, 199 mortes já foram causadas pelo novo coronavírus. A taxa de letalidade é de 1,43%.

As mortes mais recentes são de dois homens, um de Ilhota, de 75 anos, e um de Caçador, 89, e duas mulheres, uma de Xaxim, 91 anos, e a outra de São João Batista, 78. Todos apresentavam comorbidades.

O Governo do Estado alterou a forma de cálculo dos casos considerados recuperados, adequando aos critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS). Agora, enquadram-se nesta categoria os pacientes que tenham recebido alta hospitalar e, para casos leves, os que passaram 14 dias do início dos sintomas sem evolução a óbito.

São 240 municípios com pelo menos um caso confirmado. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 é Chapecó, que contabiliza 1.102 casos. Atualmente, há 1.316 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o estado, dos quais 829 estão ocupados, sendo 183 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A taxa de ocupação geral é de 63% e há 487 leitos livres atualmente.

Fonte: Secom/SC

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”