DICA 09: Uva Touriga Nacional

Hoje vou apresentar a vocês aquela que é candidata a melhor uva de Portugal, a Touriga Nacional. Sua origem é a região do Dão, que fica ao norte do país, mas é cultivada em quase todo o território português!

Em meados do século XX foi abandonada por conta de sua produtividade baixa se comparada a outras uvas portuguesas, mas vem crescendo em área plantada, nos últimos 16 anos seus vinhedos aumentaram 150%. Os motivos da retomada do plantio é obvio, suas inúmeras virtudes.

É a uva mais nobre na composição do Vinho do Porto sendo dominante em toda região Douro.

Devido ao seu imenso potencial está ganhando o mundo, países como Espanha, Austrália, Argentina, Brasil e muitos outros tem conseguido ótimos resultados em testes.

Origina vinhos consistentes de coloração púrpura intensa. No olfato destaca-se pelo caráter floral lembrando a rosas e violetas, também aromas de frutas negras silvestres e ervas frescas. Na boca traz fantástica concentração de sabores, é generoso e envolvente, taninos amáveis permeados por acidez opulenta e níveis de álcool mais elevados. Todos estes predicados fazem a Touriga Nacional ter grande capacidade de guarda.


DICA 08: Vamos conhecer hoje a melhor uva branca italiana, a Garganega.

Sua primeira aparição em literaturas data do século XIII na obra de Pietro de Crescenzi onde afirma que era cultivada em torno de Bologna (cidade da Emilia-Romagna) e no Vêneto, onde reina até hoje!

Por conter inúmeras semelhanças com outra uva chamada Grecanico Dorato da Sicília, em 2003 uma equipe de pesquisadores italianos realizou um estudo e comparou os DNAs das duas castas onde concluíram se tratar da mesma uva. Em 2008 outra equipe italiana resolveu comparar o DNA da Garganega a outras variedades de toda a Itália, durante os comparativos foram descobertos que do cruzamento espontâneo dela com outras castas nasceram várias uvas importantes no país.

Como já citado seu reduto principal é o Vêneto, sendo a casta mais importante na produção dos vinhos da Denominação de Origem Soave (que nada tem a ver com doçura). Soave é uma comuna medieval da província de Verona de onde saem brancos estupendos tendo como principal estrela a Garganega. Destaque ainda maior quando plantada sobre solo vulcânico comum em algumas colinas da região. O plantio não se restringe apenas ao Vêneto, regiões vizinhas como Friuli e Lombardia também produzem maravilhas com esta uva.

Os vinhos produzidos com a Garganega costumam ter corpo mediano e tendem a apresentar aromas de flores, pera, maçã, damasco e amêndoas.


DICA 07Toscana, a terra do Brunello di Montalcino e do Chianti.

A história do vinho na Itália e muito provavelmente na Toscana começa em meados do segundo milênio a.C., com a civilização Cretense-micênica, depois com a colonização fenícia e grega.

O vinho era parte integrante da vida dos etruscos e depois dos romanos. Os etruscos dominaram a Toscana por mais de 600 anos – até o III séc. a.C. – e davam à viticultura e ao vinho enorme importância como atividade econômica e social.

Após a derrocada do Império Romano, seguiu-se um longo período de invasões bárbaras e destruições de vinhedos. Somente na Idade Média a vitivinicultura renasce, embora tímida e confinada em algumas áreas. Ela ganha força durante o Renascimento, e em 1716, Cosimo III de’ Medici delimita as áreas e estabelece regras para algumas regiões, entre elas Chianti.

O surgimento dos chamados “supertoscanos” na década de 70 revelou ao mundo o potencial da região em elaborar grandes vinhos de estatura mundial. Paralelamente, a revolução na viticultura e enologia, advinda de massivos investimentos, impulsionou as denominações de origem mais promissoras ao aclame global: Brunello di Montalcino, Chianti Classico, Vino Nobile di Montepulciano e depois a Maremma e Bolgheri.

Toscana é uma região montanhosa, de lindas colinas e condições de solo e clima que fazem dali um paraíso para as videiras. A grande uva da região é a Sangiovese.


DICA 06Você sabe a diferença entre espumante e champagne?

O espumante nada mais é do que um vinho que passou por duas fermentações, a primeira para transformar o mosto da uva em vinho e a segunda para transformar este vinho em espumante. Na primeira fermentação o recipiente onde fermenta fica aberto para o gás carbônico gerado se dispersar, na segunda o recipiente é lacrado para reter o gás e gerar aquelas famosas bolhinhas.

O recipiente para a segunda fermentação pode variar, podendo ser utilizadas grandes cubas de inox ou pode ocorrer dentro da própria garrafa, neste caso é chamado de método champenoise.

Champagne é uma região da França que elabora um dos melhores espumantes do mundo, sendo obrigatório que a segunda fermentação ocorra dentro da própria garrafa para aumentar sua riqueza de aroma e sabor. Sendo assim, todo produtor tem que obedecer a diversas regras impostas pela região para ter o direito de utilizar o nome dela e usufruir de todo prestigio que o nome Champagne traz ao seu espumante. Do mesmo modo, se um produtor brasileiro, por exemplo, elaborar um espumante melhor que os de lá obedecendo as mesmas regras não pode ser chamado de champagne por não ter sido feito dentro da famosa região.

Como vimos, a diferença entre espumante e champagne é simplesmente uma questão geográfica! Podendo ser chamado de champagne apenas se for feito dentro da região de mesmo nome e obedecendo a legislação vigente!

Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne!


DICA 05: Três curiosidades históricas e pitorescas sobre vinhos:

O ato de falsificar vinhos é ilegal desde 1.754 a.C. na antiga Mesopotâmia. O código de leis chamado de “Código de Hamurabi” é um dos mais antigos já decifrados atualmente. Ele possui 282 leis, uma delas afirma que qualquer pessoa que fosse pega vendendo vinho fraudado deveria ser afogado em um rio, como meio de punição.

A expressão “brindar” originou-se na Roma antiga, quando o Senado ordenou que o imperador Augustus fosse homenageado com um brinde a cada refeição.

A garrafa de vinho mais antiga do mundo data do ano 325 a.C. e foi encontrada perto da cidade de Speyer, na Alemanha, em 1867. Acredita-se que é a garrafa não aberta mais velha do mundo. Ela possui cerca de 1,5 litro de bebida e foi descoberta durante uma escavação dentro de uma tumba de um homem pertencente à elite romana do século IV, que possuía dois sarcófagos, um com o corpo do homem e o outro com o de uma mulher. É provável que o vinho tenha sido produzido na mesma região, diluído com uma mistura de ervas e preservado com uma grande quantidade de azeite espesso adicionado ao frasco para vedar o vinho, juntamente com um selo de cera quente.


DICA 04: Apresentando Bordeaux

Situada no sudoeste da França, Bordeaux é uma das regiões mais famosas do país, dividida pelo rio Gironde e seus afluentes Dordogne e Garonne que devido à diferença do microclima e de solo, tem na margem esquerda um reduto da Cabernet Sauvignon, enquanto que a margem direita tem, em sua maioria, vinhedos de Merlot. Possui um dos maiores vinhedos do mundo com mais de 100 mil ha plantados, a produção passa de 500 milhões de litros.

O clima é oceânico. Na primavera são comuns as geadas, os verões bastante úmidos com chuvas na época da colheita. Todos esses fatores climáticos são determinantes e por isso ocasionam, de um ano para outro, safras muito diferentes.

O conceito de châteaux vem do bordalês e indica que determinado vinho foi produzido apenas com uvas próprias, plantadas e vinificadas dentro do châteaux (sítio). As uvas tintas Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Malbec e Petit Verdot e as brancas Sauvignon Blanc, Sémillon e Muscadelle, que compõem o “corte bordalês” são castas originárias desta região. Todos os vinhos são vinificados com técnicas semelhantes e com as mesmas uvas, porém, o que os diferenciam, além do microclima, são as proporções usadas de cada uva.

A região engloba 25% das apelações de origem controladas do país e de onde saem alguns dos vinhos mais famosos do mundo como os châteaux’s Mouton-Rothschild, Latour, Margaux, d’Yquem e Pétrus.


DICA 03: Apresentando a Argentina

Em 1551 foram plantadas as primeiras videiras na Argentina. Claro que por colonizadores europeus, em especial, missionários católicos.

Foram os Incas os responsáveis por dar vida a regiões áridas do país utilizando métodos de irrigação que dominavam, a irrigação utilizando água do degelo dos andes já era uma pratica estabelecida entre os habitantes oriundos do oeste argentino quando os europeus chegaram.

No século XIX os imigrantes europeus trouxeram novas técnicas de cultivo e outras cepas que nas regiões próximas aos Andes encontraram condições perfeitas para se desenvolverem.

Quanto às regiões e sub-regiões argentinas, o que mais chama a atenção é a diversidade, encontramos oásis caracterizados pela altitude, como as regiões situadas no Norte com vinhedos a quase 3 mil metros de altura; outros marcados pela aridez do solo, como as regiões de Mendoza, San Juan e La Rioja, que ficam mais ao centro do país; e também oásis de baixas alturas com longos períodos de maturação da uva, como a Patagônia, ao sul. A média de precipitação é parecida em todas as regiões argentinas e impressiona pela escassez, cerca de 200mm ao ano.

Produz brancos, tintos e espumantes de altíssimo nível. A uva branca mais emblemática é a Torrontés, enquanto que as tintas Bonarda e Malbec são as mais plantadas e consideradas as melhores no país, mas não se resume a isso, a Argentina planta Chardonnay, Sauvignon Blanc, Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Pinot Noir e outras uvas que também se destacam.


DICA 02: Resveratrol, um saaanto remedinho!

O resveratrol pertence ao grupo dos polifenóis, que estão associados a muitos benefícios à saúde humana.

Desta vez pesquisadores da Universidade Estadual da Geórgia, nos Estados Unidos, descobriram que o resveratrol é um agente eficaz contra inflamações causadas por uma bactéria responsável pela asma e doenças pulmonares como bronquite e enfisema.

O resveratrol aumentou a produção natural de uma proteína capaz de controlar as inflamações causadas por essa bactéria. Os testes foram bem-sucedidos em ratos e também em células humanas pulmonares in vitro.

De acordo com o estudo, a asma, nos Estados Unidos, é responsável por 250 mil mortes por ano e é a principal causa de hospitalização de crianças com menos de 15 anos de idade. As doenças pulmonares obstrutivas crônicas, por sua vez, são a terceira principal causa de morte no país.

Ainda não se sabe se o resveratrol será a solução para essas e outras doenças, de qualquer maneira, as pesquisas sempre aumentam os indícios de que o consumo regular e moderado do vinho, além de prazeroso é benéfico à saúde.


DICA 01: Quer evitar que o vinho tinto manche seus dentes?

Pois bem, quando a noite for regada a vinho tinto beba sempre água, de preferência com gás, a carbonatação contribui para a limpeza da boca.

Escove os dentes antes de começar a beber, a matéria corante dos tintos tende a grudar nas placas bacterianas. Mas faça a escovação ao menos 30 minutos antes para o gosto do creme dental não atrapalhar seu paladar.

Ao final, enxague bem a boca antes de escovar os dentes para eliminar os ácidos da cavidade bucal, eles podem prejudicar os esmaltes dos dentes durante a escovação.

Mateus dos Santos Kostetzer, Professor de Educação Física, fala sobre a importância da atividade física para a saúde

Mateus dos Santos Kostetzer, Professor de Educação Física, fala sobre a importância da atividade física para a saúde

Mateus dos Santos Kostetzer, Professor de Educação Física, foi o entrevistado desta segunda-feira, 17, do Jornal da Nereu.  Ele falou sobre a importância da atividade física para a saúde. Como iniciar uma prática desportiva? É importante o acompanhamento de um profissional? Ouça a entrevista:  

Leia Mais

Associação Blumenau de karate promove evento em shopping

Associação Blumenau de karate promove evento em shopping

A Associação Blumenau de karate/Ipiranga/Barão/Park Europeu/Promoshirt/Arawaza/FMD Blumenaua promove neste sábado, dia 19 de agosto, com a presença de cerca de 170 alunos/atletas, a terceira grande aula/apresentação de karate de 2017 no Shopping Park Europeu. O encontro será na Praça de Eventos no piso térreo entre 15h e 17h e vai contar com a presença dos […]

Leia Mais

Marcelo José Linhares, Médico Cardiologista e Diretor Executivo da Cardioprime, fala sobre os avanços da medicina

Marcelo José Linhares, Médico Cardiologista e Diretor Executivo da Cardioprime, fala sobre os avanços da medicina

Marcelo José Linhares, Médico Cardiologista e Diretor Executivo da Cardioprime, foi o entrevistado desta quarta-feira, 16, do Jornal da Nereu. Ele falou sobre o aniversário de 25 anos da clínica. E sobre o evento que vai promover uma caminhada no dia 27 de agosto na rua XV de Novembro para celebrar a data. Ouça a […]

Leia Mais

Maike é bronze no Open Internacional Dores de karate

Maike é bronze no Open Internacional Dores de karate

A atleta Maike de Oliveira, da Associação Blumenau de karate/Ipiranga/Barão/Park Europeu/Promoshirt/Arawaza/FMD Blumenau, obteve um bom resultado, no último sábado, dia 12, em Santa Maria (RS). A blumenauense foi medalha de bronze no Open Internacional Dores, em Santa Maria (RS), competição que faz parte do Circuito Open Nacional, na categoria Kumitê Sênior até 61 quilos. Após […]

Leia Mais

Jogo em apoio a jovem enxadrista de Blumenau será realizado neste sábado

Jogo em apoio a jovem enxadrista de Blumenau será realizado neste sábado

A enxadrista Gabriela Feller, de apenas 13 anos, ganhou um reforço de peso para a sua batalha por recursos para disputar competições internacionais de xadrez. A promissora jovem de Blumenau ganhará um jogo beneficente organizado pelo deputado estadual Gelson Merisio (PSD), que convidou outros entusiastas da prática do esporte que se destaca pelo uso de […]

Leia Mais

Leonardo da Silva, Organizador do Encontro Bilateral Brasil/Israel, fala sobre objetivos do encontro que será realizado nesta quinta-feira

Leonardo da Silva, Organizador do Encontro Bilateral Brasil/Israel, fala sobre objetivos do encontro que será realizado nesta quinta-feira

Leonardo da Silva, Organizador do Encontro Bilateral Brasil/Israel, foi o entrevistado desta quinta-feira, 10, do Jornal da Nereu. Ele falou sobre os objetivos do encontro que será realizado nesta quinta-feira, a partir de 14h, no Setor 4 do Parque Vila Germânica. Empreendedorismo, Saúde, Educação, Tecnologia e Agricultura serão assuntos debatidos no encontro. Ouça a entrevista:

Leia Mais

Dr. Marco Aurélio Cigognini, Médico Psiquiatra e coordenador do NUPE Núcleo de Pesquisas em Saúde Mental, fala sobre a 1ª Jornada Blumenauense de Psiquiatria e Saúde Mental

Dr. Marco Aurélio Cigognini, Médico Psiquiatra e coordenador do NUPE Núcleo de Pesquisas em Saúde Mental, fala sobre a 1ª Jornada Blumenauense de Psiquiatria e Saúde Mental

Dr. Marco Aurélio Cigognini, Médico Psiquiatra e coordenador do NUPE Núcleo de Pesquisas em Saúde Mental, foi o entrevistado desta quinta-feira, 09, do Jornal da Nereu. Ele falou sobre a 1ª Jornada Blumenauense de Psiquiatria e Saúde Mental. Ouça a entrevista:

Leia Mais