É hexa! No sufoco e na prorrogação, basquete feminino de Blumenau confirma o sexto título consecutivo do Catarinense

 

Não era pra ser tão sofrido. Ou pelo menos não se imaginava que a equipe de Chapecó pudesse colocar tanta pressão em Blumenau durante toda a partida. Com muitos erros individuais, tanto ofensivos quanto defensivos, a equipe do Vasto Verde – que representa a nossa cidade – alternou entre momento à frente e atrás do placar, o que garantiu fortes emoções para o torcedor que esteve presente no Ginásio Nelson Busarello.

Com um empate em 44 a 44 no tempo normal o jogo foi para a prorrogação. E aí a experiência das meninas blumenauneses e a tranquilidade pesaram para assumir a ponta no placar e confirmar o sexto título consecutivo do Campeonato Catarinense de Basquete

“Não precisava ser assim. Erramos muito individualmente e coletivamente o que acabou nos complicando durante a partida. Felizmente os últimos acertos acabaram compensando”, afirmou o técnico João Camargo Neto ao final da partida.

Com a conquista, Blumenau chega a 14 (!) títulos do Estadual de Basquete Feminino em 20 edições da competição organizada pela Federação Catarinense de Basketball. Quatro títulos com a Adeblu e outros 10 representando o Vasto Verde.

Com o título neste sábado o técnico Camargão se torna o segundo blumenauense a conquistar seis vezes consecutivas à beira da quadra o título do Estadual. O primeiro foi Álvaro Portugal em 1995, 1996, 1997, 1998, 1999 e 2000.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”