Dupla de policiais civis de Blumenau é condenada a prisão por tortura e abuso de autoridade

Elton Paulo Anéris e Mauricio Nunes dos Reis foram condenados a quatro anos e dois meses de prisão. A sentença judicial determina ainda a expulsão dos dois da Polícia Civil. E eles ficam impedidos de ocuparem a função pelo prazo de oito anos. Os policiais foram presos em agosto de 2014 suspeitos de praticarem tortura e abuso de autoridade, durante operações policiais em Blumenau. Eles também eram acusados de coagir e intimidar as testemunhas do processo pelo qual  respondem.

A denúncia foi apresentada pelo  promotor de Justiça, Flávio Duarte, do Ministério Público. Elton e Reis conseguiram, ainda no ano passado, autorização da justiça para responderem as acusações em liberdade. Também por decisão judicial eles foram transferidos para outra comarca do estado.

A mesma sentença condenou o delegado Ronnie Esteves por omissão. Para a justiça, ele tinha conhecimento dos atos de tortura e de abuso de poder da dupla policial e teria sido omisso. O delegado foi condenado a um ano e 10 meses de reclusão, perda do cargo, e interdição do exercício da função por  três anos e nove meses.

A decisão é do juiz da 2ª Vara Criminal de Blumenau, juiz Clayton Cesar Wandscheer. Os três réus condenados podem recorrer da decisão.

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”