Defesa Civil atende mais de 100 ocorrências durante temporal desta quarta-feira

A parede do setor de emergência do Hospital Santa Isabel caiu, causando interdição do local. Foto: Reprodução/Blog do Jaime.

A Defesa Civil de Blumenau segue em plantão e fazendo verificações dos locais que registraram deslizamentos durante esta quarta-feira (04), após o temporal que caiu na cidade. Segundo dados do órgão de segurança pública, foram mais de 100 ocorrências registradas, sendo 62 delas de deslizamentos, onde 30 casas foram atingidas. Além disso, as chuvas causaram também a interdição do setor de pronto socorro do Hospital Santa Isabel, que registrou a queda de uma parede.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, foram 92 milímetros de chuva durante o período de uma hora. A metade do que é previsto para o mês inteiro de janeiro na cidade. A região sul, principalmente na Rua Ruy Barbosa, foi a mais atingida pelas ocorrências de deslizamentos e pela chuva. A cidade também alagou diversos pontos de alagamento. Além disso, mais de duas mil pessoas ficaram sem energia durante o período.

Algumas famílias tiveram que sair de casa por conta dos deslizamentos, e durante esta quinta-feira, a defesa civil irá fazer mais verificações para decidir se outros moradores precisam se deslocar dos imoveis por conta do risco. A previsão do tempo para esta quinta aponta uma grande possibilidade de novo temporal, devido ao calor que deve fazer durante o dia.

Confira fotos das ocorrências registradas nesta quarta-feira:

 

 

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”