Decreto que obriga uso de máscara em Blumenau deve ser editado ainda nesta terça-feira

Foto Ricardo Wolffenbuttel/SecomSC

O prefeito Mário Hildebrandt (Podemos), informou nesta terça-feira (14), que ainda hoje deve ser editado o Decreto Municipal que obriga o uso de máscara em Blumenau. A medida vai valer para todo cidadão que quiser sair de casa. Segundo o prefeito, o governador Carlos Moisés (PSL), colocou a PM à disposição dos municípios para auxiliar na orientação e fiscalização do cumprimento da medida.

Em princípio, o cidadão que não utilizar a máscara será advertido, mas o governo também avalia a possibilidade de aplicação de multa. As máscaras podem ser de tecido, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

Ainda não foi definido a partir de quando o decreto começará a ser aplicado. A intenção do prefeito é possibilitar que o cidadão tenha tempo para adquirir o produto. Com isso, a medida pode começar a valer somente a partir do final de semana ou no início da semana que vem.

A Prefeitura de Blumenau fez um levantamento e previsão sobre o aumento de casos do coronavírus na cidade. Segundo o estudo, a previsão otimista é que no dia 23 de abril, quinta-feira da próxima semana, o número de casos esteja em 212 no município. A previsão moderada é de 255 casos, e a previsão pessimista indica 371 casos confirmados nesta data.

Ouça a entrevista do prefeito Mário Hildebrandt com Charles Espig:

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”