Decretada prisão preventiva de motorista que teria provocado acidente com morte de casal na BR 470

A juíza Leila Mara da Silva decretou nesta segunda-feira, a prisão preventiva de Giovani dos Santos Machado. Ele é o motorista que teria provocado um acidente na BR 470 na terça-feira da semana passada, dia 21, causando a morte de um jovem casal.

No despacho a juíza quer garantir a permanência do suspeito na cidade de Indaial. Giovani está internado no hospital Beatriz Ramos e teria solicitado transferência para um hospital do Paraná, seu estado de origem.

Nesta segunda-feira (27), houve uma nova manifestação popular contra a liberdade do motorista. Manifestantes se concentraram em frete ao Fórum do município. Na semana passada, a mesma juíza havia negado um pedido de prisão preventiva.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”