Decisão da justiça limita investigação de CPI contra vice-prefeito de Blumenau

Foto: Jessica de Morais/CMB

A juíza substituta, Cibelle Mendes Beltrame, acolheu parcialmente o mandado de segurança impetrado pelo vice-prefeito Jovino Cardoso Neto, do PSD, contra a CPI que o investiga na Câmara de Vereadores de Blumenau.

Ela retirou das investigações a suposta incompatibilidade dos bens do vice-prefeito com seus rendimentos. O motivo alegado seria a falta de comprovação. Por outro lado, manteve as investigações contra o uso irregular de funcionário do município em benefício próprio.

A CPI foi instalada em 17 de maio para investigar denúncias contra o vice-prefeito de uso de servidor público lotado no gabinete e patrimônio incompatível com rendimentos. O relator da comissão, vereador Jeferson Forest, do PT, que foi o autor das denuncias, tem 120 dias para apresentar o parecer.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”