Crianças e gestantes ainda podem ser vacinadas gratuitamente contra a Gripe A em Blumenau

A campanha terminou na semana passada, mas a sobra das vacinas contra o vírus H1N1 continua sendo aplicada em Blumenau. Das 104 mil doses que o município recebeu foram aplicadas 91.634, segundo números divulgados nesta terça-feira pela Vigilância Epidemiológica. Vão poder receber a vacina as gestantes e crianças maiores de seis meses e menores e que ainda não completaram quatro anos.

Durante a campanha, o único grupo prioritário que não cumpriu a meta na cidade foi de gestantes, com 77% do número previsto sendo imunizado. A meta do Ministério da Saúde a chegar a 80%. Segundo a Vigilância Epidemiológica do município, são cerca de 50 mulheres grávidas que deixaram de se vacinar, mas que ainda podem procurar as unidades de saúde.

Os demais grupos prioritários ultrapassaram a meta. As crianças entre seis meses e menores de quatro anos tiveram 87,83% do público imunizado. As pessoas com mais de 60 anos foram 109,17%. No grupo dos trabalhadores da saúde, a campanha alcançou 86,78% e 88,05% das puérperas foram vacinadas. Não havia meta para portadores de doenças crônicas que teve mais de 30 mil doses aplicadas.

Atualmente Blumenau contabiliza 51 casos positivos de gripe A, sendo que um dos pacientes está internado em UTI. Outras 28 pessoas aguardam resultado do exame. O município já registrou seis óbitos em decorrência do vírus H1N1.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”