CPI que irá investigar vice-prefeito já está instalada

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito, criada nesta terça-feira, vai investigar a acusação feita ao vice–prefeito Jovino Cardoso Neto (PSD), por suposto uso de funcionário do gabinete em propriedade particular e incompatibilidade da renda com os bens adquiridos. A primeira reunião ocorreu logo após a sessão ordinária da Câmara de Vereadores.

A comissão é composta pelos vereadores Jens Mantau (PSDB), Oldemar Becker (DEM), Fábio Fiedler (PSD), Robinho (PR) e Jefferson Forest (PT). Fiedler assumiu a presidência e o petista Jefferson Forest ficou como relator da denúncia.

As reuniões vão ocorrer todas as terças e quintas-feiras às 9h. A CPI tem prazo de 120 dias para concluir a investigação. Caso o parecer do relator for aprovado pelo plenário, as acusações serão encaminhadas ao Ministério Público. Sendo assim, uma comissão será criada para julgar as acusações contra o vice-prefeito.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”