Convênio para melhorias no Aeroporto Quero-Quero deve ser firmado nas próximas semanas

Foto: Divulgação

Quase seis meses após o governador Carlos Moisés da Silva anunciar a liberação via convênio de R$ 4 milhões para melhorias no Aeroporto Quero-Quero, pouca coisa avançou. Os recursos vão custear o cercamento e o balizamento noturno do aeródromo.

De acordo com o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Éder Boron, desde dezembro equipes do Seterb e da Secretaria de Projetos Especiais tem trabalhado no avanço das questões burocráticas do convênio.

A partir do momento que é firmado o convênio os recursos chegam aos cofres do município e a Prefeitura pode dar inicio aos procedimentos licitatórios. Primeiro serão lançadas as licitações para a elaboração dos projetos de cercamento e balizamento do aeroporto. Esta etapa, segundo o governo municipal, deve durar até três meses. Apenas após esse prazo é que são lançadas as licitações para contratação da empresa que vai executar as obras.

O Aeroporto Quero-Quero recebe uma média de 3 mil pousos e decolagens por mês, levando em conta voos particulares, para transplantes de órgãos, do helicóptero Arcanjo e do próprio curso de pilotos do Aeroclube.

Ouça:

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”