Começa a negociação salarial dos trabalhadores têxteis

A primeira rodada de negociação entre representantes dos trabalhadores têxteis de Blumenau e região e o Sindicato Patronal da categoria terminou sem avanços. As empresas não apresentaram nenhuma proposta de reajuste salarial. O diretor Carlos Maske, do Sintrafite, Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem de Blumenau e Região, lamentou a falta de proposta.

O diretor do Sintex, que representa as empresas têxteis da região, Renato Valim, explicou que na primeira rodada de negociação, tradicionalmente não é apresentada a proposta de reajuste salarial. No primeiro encontro, segundo ele, é discutida, por exemplo, a situação econômica atual e a realidade do setor têxtil.

O Sintex vai apresentar uma proposta de reajuste salarial e espera fechar a negociação ainda no mês de setembro. Porém, Valim não antecipou se será possível atender integralmente a reivindicação da categoria. Os têxteis pedem a reposição da inflação mais aumento real de 5% e piso salarial de R$ 1.500,00.

O advogado e assessor jurídico do Sintrafite, Silvio Morestoni, pediu atenção e participação dos trabalhadores durante as negociações. Para ele o momento é de mobilização da categoria. A próxima rodada de negociação será realizada no dia 13 de setembro.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”