Centro de Controle de Operações de Blumenau deve ficar pronto até junho de 2020

Foto: Marcelo Martins / PMB

O Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, apresentou nesta sexta-feira, 20, detalhes do novo Centro de Controle de Operações. Serão cerca de R$20 milhões investidos em tecnologias para melhorar a mobilidade urbana da cidade.

O objetivo, de acordo com Hildebrandt, é zerar o número de mortes no perímetro urbano da cidade. Nos últimos 10 anos foram quase 40 mil acidentes e mais de 330 vítimas fatais, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes.

O Centro de Controle e Operações será montado na própria sede da Prefeitura, no segundo andar, onde funcionava o antigo plenário da Câmara de Vereadores e vai receber informações e imagens das ruas de Blumenau 24 horas por dia, possibilitando a Guarda Municipal fazer o seu planejamento estratégico e operacional.

 

Entre os componentes necessários para a conclusão do CCO estão:

– Implantação de semáforos inteligentes em 104 pontos da cidade.

– Troca de agentes por semáforos em áreas escolares.

– Instalação de 90 câmeras com OCR, ou seja, que podem identificar a placa dos veículos (cinturão de monitoramento).

– Instalação de 60 novas lombadas eletrônicas c/ OCR.

– 98 câmeras de monitoramento comuns (semelhante as da PM).

– 4 totens de segurança (Câmara de Vereadores, Prefeitura, Vila Germânica e Praça do Estudante).

– 60 body cams e 40 talonários eletrônicos para os agentes da GMT.

 

Construção de faixas elevadas

Além do CCO, a Prefeitura de Blumenau vai implantar 150 faixas elevadas. A intenção é instalar uma média de dez por mês, se o clima colaborar.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”