Casos de dengue registrados em Blumenau passam de 2 para 132 em um ano

Os casos de dengue registrados em Blumenau passaram de 2 em 2014, para 132 este ano. Segundo a gerente da vigilância epidemiológica de Blumenau Ivonete dos Santos, nenhum dos pacientes teria contraído a doença na cidade. Aumentou também o número de focos do mosquito Aedes Aegypti, 23 no ano passado e 54 em 2015.

Após a confirmação na última semana de 7 casos de zika vírus em Santa Catarina o combate ao mosquito foi intensificado. O vírus, também transmitido pelo Aedes Aegypti é o causador da microcefalia em bebês nascidos de mães infectadas.

Também foram foram confirmados 3 casos de febre chikungunya e 3,5 mil de dengue no estado em 2015. Para evitar a proliferação do mosquito a participação da comunidade é essencial segundo Ivonete dos Santos. Ela ressalta que as ações do poder público, somente terão resultado com ajuda da população.

Medidas para combater o mosquito:

– Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
– Não jogue lixo em terrenos baldios.
– Guardar garrafas de vidro ou plástico sempre com a boca para baixo.
– Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.
– Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
– Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
– Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.
– Lave com frequência, com água e sabão, recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.
– Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”