Brasil tem mais de 241 mil casos confirmados de coronavírus e mais de 16 mil óbitos

Foto: Ilustrativa/Ricardo Moraes/Reuters

O Ministério da Saúde registrou até as 19h deste domingo (17), o total de 241.080 casos por coronavírus e confirmou que 94.122 (39%) pessoas são considerados recuperadas. Outras 130.840 pessoas estão em acompanhamento. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o Brasil no sistema oficial do Governo Federal.

Até o momento, o país registra 16.118 mortes por coronavírus, cuja taxa de letalidade é de 6,7%, considerando o total de casos confirmados. Nas últimas 24 horas, foram registrados 7.938 casos e 485 mortes, sendo que a maioria aconteceu em períodos anteriores, mas foi inscrita nos sistemas oficiais do Ministério da Saúde somente de sábado para domingo, após conclusão da investigação da causa da morte. Assim, dos novos óbitos registrados, 298 ocorreram nos últimos três dias. Outros 2.450 óbitos estão em investigação.

Atualmente, a doença circula em pouco mais da metade dos municípios brasileiros. Mas a maior parte não registra nenhum óbito.

Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham doenças pré-existentes, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade, asma, entre outras, também precisam redobrar os cuidados nas medidas de prevenção ao coronavírus.

Fonte: Agência Saúde

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”