Bombeiros realizam perícia para identificar causas de incêndio no imóvel do antigo restaurante Frohsinn

A partir desta quinta-feira o Corpo de Bombeiros irá fazer uma perícia para verificar a possível causa do incêndio no prédio do antigo restaurante Frohsinn, na Rua Gertrud Sierich, também conhecida como Morro do Aipim. O local é um ponto turístico e histórico de Blumenau, mas estava desocupado atualmente.

O imóvel pertence a Prefeitura, que havia tomado o espaço do antigo proprietário do restaurante Frohsinn. A administração municipal estava em processo de venda da área. Apesar disso, o espaço era freqüentemente visitado por vândalos e criminosos.

A suspeita principal do Corpo de Bombeiros é de que o incêndio tenha sido criminoso, pois já seria a terceira ocorrência da semana. Nos outros dois casos a tentativa de incêndio foi frustrada. Desta vez as chamas destruíram toda parte de madeira do prédio.

O Corpo de Bombeiros estima até 70% de perda. Apenas as paredes de alvenaria ficaram de pé. Foram gastos mais de 30 mil litros de água para o combate das chamas. A ocorrência foi por volta das 18h desta quarta-feira. Apesar dos danos materiais, não houve feridos. Nesta manhã de quinta-feira o antigo restaurante amanheceu isolado para o trabalho da perícia.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”