Bombeiros alertam para cuidados necessários ao construir após desabamento de laje que deixou quatro feridos em Blumenau

Foto: Corpo de Bombeiros de Blumenau

Uma laje de uma residência em construção desabou por volta das 8h50 desta terça-feira (4), na Rua Teresa Fischer, no bairro Itoupava Central. Toda a estrutura acabou ficando comprometida.

Quatro homens estavam no local e ficaram feridos com o desabamento. Dois deles tiveram apenas ferimentos leves, um deles foi retirado com suspeita de fratura no braço, e o último ficou preso debaixo dos escombros, teve um vergalhão de aço perfurando sua cabeça, mas não chegando a atingir da caixa craniana. Foi necessário o atendimento do helicóptero Arcanjo, e uma micro cirurgia para a retirada do vergalhão foi realizada.

De acordo com relatos do Sargento Schmitz, do Corpo de Bombeiros Militar de Blumenau, os proprietários da residência contrataram uma empreiteira para executar uma ampliação na residência, com uma garagem e um segundo pavimento em cima dessa garagem. Os trabalhadores estavam na parte inferior quando tudo aconteceu. “Em torno de 50% da laje sofreu um colapso estrutural e atingiu os quatro (homens) que estavam ali. A laje já estava seca”, explicou.

Schmitz ainda deixou o alerta para que as pessoas que forem construir ou reformar, que atentem para os cuidados necessários para que acidentes como esse não se repitam: “contratar um engenheiro, fazer o projeto, ter todos os alvarás de autorização emitidos pelos órgãos municipais; quando contratar um profissional ou empresa, sempre saber da capacidade de execução da obra, e cuidar sempre com a segurança da estrutura e dos funcionários”.

O sargento ainda disse que na primeira averiguação, a obra da Itoupava Central apresentava os projetos e alvarás em dia, e a Defesa Civil suspeita de erros na execução do projeto.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”