Blumenau pode disputar Liga Ouro de Basquete 2016/2017 com recursos pagos pela FCB

O time que irá disputar o estadual desse ano foi o bicampeão catarinense em 2016. Foto: Jotaan Silva/RNR.

Uma proposta que será entregue aos dirigentes do Novo Basquete Brasil e Liga Ouro (Primeira e segunda divisão do basquete masculino nacional), tem como intenção levar quatro catarinenses para a próxima edição da Liga Ouro 2016/2017. A sugestão é do Presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer. Segundo ele, o Gerente Técnico do NBB, Renato Bassul, virá para Santa Catarina, acompanhar algumas competições, e a intenção é propor para ele a abertura dessas quatro vagas para os catarinenses.

Ainda segundo Archer, se a proposta for aceita, os quatro primeiros colocados do estadual 2016 iriam se classificar automaticamente para a Liga Ouro 16/17, com todos os custos pagos pela FCB. Blumenau é atualmente o bicampeão estadual, sendo que em 2013, foi vice da competição. Ou seja, pelo menos nos ultimos três anos ficou entre os quatro primeiros colocados.

O Presidente da Apab, Sérgio Carneiro já confirmou que se a proposta for aceita e a vaga for dada à Blumenau, a equipe jogará a competição na próxima temporada. Na temporada 2015/2016, a Liga Ouro está dando uma vaga para o NBB 2016/2017. Vasco da Gama e Campo Mourão, do Paraná, estão decidindo a vaga.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”