Blumenau lança chat de atendimento médico no combate ao coronavírus

Foto: Ilustrativa

Uma nova ferramenta pretende auxiliar no atendimento de dúvidas sobre o coronavírus em Blumenau. Através do WhatsApp (99935 3561), é possível conseguir atendimento médico, caso seja confirmado um caso suspeito.

Para detectar a necessidade ou não do atendimento de um profissional da saúde, é promovida uma triagem, através de perguntas que aparecem automaticamente durante o contato. Conforme forem as respostas, o sistema, dotado de Inteligência Artificial, direciona para o atendimento no chat, ou não.

Ouça o secretário de Promoção da Saúde de Blumenau, Winnetou Krambeck

 

Quem é usuário do Pronto Mobile também pode acessar a ferramenta, mas precisa fazer a atualização do aplicativo. Quem ainda não utiliza, já baixa a versão nova. Deixe o número do WhatsApp registrado em seu celular para facilitar o acesso quando necessário.

O serviço funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 19h. Quem entrar em contato fora do horário de expediente dos médicos e for classificado na triagem para passar à etapa seguinte, receberá informações sobre os postos de atendimento presenciais e seus horários de atendimento.

Outra opção de tirar dúvidas sobre o coronavírus é através do telefone 156, opção 2.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”