Blumenau fica abaixo da meta da campanha de vacinação contra gripe em 2018

Foto: Arquivo RNR

A Secretaria de Saúde de Blumenau divulgou o balanço da campanha de vacinação contra gripe deste ano. Segundo a pasta, 88.958 pessoas dos grupos de risco foram vacinadas na rede pública de Blumenau, o que corresponde a 83,4% do total previsto. Com isso, a cidade ficou abaixo da meta do Ministério da Saúde que era de 90%.

O balanço aponta que os maiores índices de cobertura vacinal ficaram entre idosos (108%), professores (92,9%), mulheres que deram a luz a mais de 45 dias (78,3%) e crianças (72,5%). As menores taxas foram registradas entre gestantes (64,1%) e trabalhadores da saúde (64,2%).

Devido a disponibilidade de doses na rede pública de Blumenau, a Vigilância Epidemiológica de Blumenau anunciou que vai ampliar a imunização para crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos nas unidades de saúde com salas de vacinação, além das pessoas dos grupos prioritários que ainda não providenciaram a aplicação. A medida segue recomendação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) do Governo do Estado.

Agora, quem pode procurar a vacina contra a gripe na rede pública são:

– adultos com mais de 50 anos;

– crianças maiores de seis meses a nove anos;

– gestantes;

– puérperas (até 45 dias após o parto);

– trabalhadores da saúde;

– professores das redes pública e privada;

– povos indígenas;

– portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”