Blumenau chega a 59 casos da Covid-19. Brasil tem 941 mortes pela doença

Foto: Josué Damascena/ IOC/Fiocruz

Boletim divulgado nesta quinta-feira (9), informa que Blumenau chegou a 59 casos confirmados da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Entre os casos confirmados, sete pacientes estão hospitalizados, sendo cinco em UTIs. Outros 52 casos com testes positivos já passaram ou estão em isolamento domiciliar e com estado de saúde estável.

Ainda nesta quinta-feira, a Prefeitura de Blumenau divulgou uma projeção para os próximos 15 dias. A previsão mais otimista aponta que o número de casos do novo coronavírus na cidade chegará a 212 daqui a duas semanas.

Fonte: Assessoria PMB

Levantamento no estado

Santa Catarina chegou a 693 casos confirmados de pessoas com Covid-19 nesta quinta-feira (9). O número representa um aumento de 38,3% em relação ao boletim anterior. Mais uma morte pela doença foi confirmada no estado. Dessa forma, o total chegou a 18.

O óbito mais recente foi de uma mulher de 49 anos, moradora de Massaranduba, que fazia parte do grupo de risco por apresentar comorbidades. Do total de casos registrados, 55 pacientes estão internados em UTIs.

Fonte: Secom/SC

Situação no país

O número de mortos pelo Coronavírus cresceu 18% de quarta para quinta-feira no Brasil, com 141 novos óbitos registrados. Já são 941 mortes em todo país. O número de confirmados aumentou em 1.930 casos, chegando a 17.857 pessoas infectadas. A letalidade também aumentou para 5,3% dos contaminados.

Tocantins continua sendo o único estado sem casos fatais da doença. São Paulo lidera, com 7.489 casos e 496 mortes, seguido do Rio de Janeiro, com 2.216 contaminados e 122 óbitos.

Fonte: Rádio Agência Nacionall

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”