Centro Pop solicita doações de roupas para moradores de rua

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), está pedindo a comunidade doação de roupas como camisas, cuecas, meias, calçados e, principalmente, casacos e calças. A demanda de doações é constante, mas a chegada do frio nesta segunda e terça-feira, dias 17 e 18, intensificou a necessidade de oferta às pessoas em situação de rua.

As doações poderão ser realizadas das 8h às 20h durante a semana e das 8h às 12h nos sábados e domingos no Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop). A unidade está localizada na Rua São Paulo, 2.265, no bairro Itoupava Seca.

Abrigo permanente
O material obtido com as doações é destinado aos usuários atendidos pelo Centro Pop, além dos moradores que permanecem no Abrigo Municipal de Blumenau (Amblu) e no Abrigo Elisa, onde mulheres e filhos vítimas de violência doméstica e intrafamiliar são acolhidas.

Essas unidades são compostas por assistentes sociais, educadores e psicólogos preparados para auxiliar os usuários. Eles recebem o apoio necessário para voltar aos seus lares, para o mercado de trabalho e também para receber tratamento dependência química, se for o caso.

Fonte: Prefeitura de Blumenau.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”