Após rebaixamento, presidente do Metrô não descarta fechar as portas do clube

Foto: Sidnei Batista.

Em entrevista à Rádio Nereu Ramos após o rebaixamento, o Presidente do clube, Pedro Nascimento, afirmou que o Metropolitano está prestes à fechar as portas. Segundo ele, as dívidas atuais são grandes e sérias, e precisam ser repensadas. O Metrô foi rebaixado para a segunda divisão do estadual neste domingo (23), após vencer o Figueirense por 3 a 1, mas não contar com os resultados negativos de Inter de Lages e Almirante Barroso, que também venceram.

Ao ser questionado sobre a queda, Nascimento pediu desculpas ao torcedor, disse que tentou ao máximo evitar o rebaixamento, e culpou a falta de recursos para a falta de reforços. Sobre sua permanência na presidência, ele apontou que irá conversar com a família para decidirem juntos,, e citou ameaças de morte que teria recebido por celular. Em relação ao futuro do clube, Nascimento mais uma vez não se calou.

“Nós estamos quase a beira de fechar as portas por conta das dívidas de INSS, trabalhistas e de credores. Temos que sentar e repensar tudo. E ver se Blumenau quer futebol. Porque eu não vejo muito motivo de fazer futebol para mil pessoas, mil e quinhentos torcedores, pra uma cidade que tem 300 mil, uma região que tem 700 mil”, afirmou o presidente.

 

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”

Um comentário sobre “Após rebaixamento, presidente do Metrô não descarta fechar as portas do clube

  1. Luiz

    Obvio que Blumenau tem outras prioridades, não caiu a ficha dos senhores, que o Metropolitano é timinho de 1500 pessoas no máximo, e somente isto, com certeza a conta não vai fechar nunca. Imagina torrar dinheiro para construir um estádio municipal, somente para sonhadores e o pessoal da Nereu pensa assim, acham que investir duas dezenas de milhões de reais, para meia dúzia de gatos pingados, senhores saiam no mundo da FAZDECONTALANDIA e voltem para a sua realidade. Fazer futebol para que meia dúzia de baderneiros não rola.

Comentários estãp fechados.