Após incêndio, linhas de ônibus poderão ter escolta militar

Algumas linhas do transporte coletivo de Blumenau vão receber escolta policial a partir desta quinta-feira. A medida foi tomada após um ônibus ser incendiado na Rua Philipp Bauler no Bairro Itoupavazinha. O ataque ocorreu quando o coletivo fazia a última viagem por volta de 23h30. Segundo o presidente do SETERB, Sérgio Chisté, o serviço será mantido, mas podem ocorrer alterações nos horários de chegada e saída dos terminais.

Apesar da escolta policial, motoristas e cobradores estão assustados com a onda de ataques ocorrida desde a última sexta-feira em Santa Catarina. O diretor do Sindicato dos Empregados nas Empresas de Transporte Coletivo de Blumenau, Osnir Schmitt, relata que a preocupação aumenta no período noturno quando costumam ocorrer os ataques.

A Polícia Militar estará com viaturas nos terminais e conforme a necessidade as escoltas podem ocorrer também durante o dia. Segundo a major Patrícia Maccari, as ações serão avaliadas com a participação dos trabalhadores.

Até esta quinta-feira, 52 ataques foram registrados em Santa Catarina. Esta é a terceira onda de atentados no estado em menos de dois anos.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”