Apan Blumenau perde para o Minas e é eliminada da Superliga

Foto: Raphael Guilherme Moser

A Apan Blumenau lutou, mas não conseguiu conquistar a sonhada vaga nas semifinais da Superliga Banco do Brasil 2020/21. Após o revés por 3 sets a 0 em Belo Horizonte (MG), o time de Blumenau precisava vencer para forçar a terceira partida, mas foi superado pelo Minas Tênis Clube, por 3 a 1, parciais de 25/21, 25/16, 24/26 e 30/28, em partida disputada nesta segunda-feira, no Ginásio Galegão.

A derrota adiou o sonho de Blumenau de avançar na competição e brigar pelo título, mas ao mesmo tempo esta temporada – marcada por percalços devido à Pandemia – será lembrada pela superação e entrou para a história do voleibol da cidade.

Esta foi a melhor campanha de Blumenau na elite do voleibol brasileiro, em nove edições disputadas. A equipe terminou a primeira fase na 5° colocação, em 22 jogos, venceu 11 e perdeu 11, com 39 sets conquistados e 39 perdidos, campanha que credenciou o time às quartas de final dos playoffs.

O levantador e capitão Evandro citou as dificuldades do confronto contra o Minas, que resultou no fim do sonho de avançar na competição. “Pelo trabalho que plantamos durante toda temporada, a gente sempre sonhava com a possibilidade de chegar na semifinal da Superliga. Infelizmente não aconteceu. Lutamos até o fim. Me orgulho de cada companheiro, da comissão técnica e da diretoria. É motivo de muito orgulho vestir essa camisa”, destacou.

O atleta agradeceu a torcida blumenauense, que não deixou de apoiar a equipe, mesmo sem público nos jogos. “É muito triste jogar com o Galegão vazio, mas espero que todos estejam bem em casa e cuidando de seus familiares para que em breve todos estejam vacinados e a pandemia acabe. Em nome de toda a equipe, o agradecimento do fundo do coração pelo apoio e energias boas enviadas, mesmo a distância”, falou o capitão Evandro.

Compartilhar
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”