Acusado de matar namorada é absolvido em Timbó

Após quase oito horas de julgamento, Johny Osmar Karsten, de 28 anos, foi absolvido em júri popular em Timbó, da acusação de homicídio qualificado contra a adolescente Ariana Arndt, de 16 anos. O caso foi registrado em 2012, quando os dois eram namorados. A garota ficou desaparecida por mais de 20 dias, e depois foi encontrada no Rio Benedito, com o corpo já em estado de decomposição.

Segundo relatos de testemunhas, na última vez que Ariana foi vista, ela estava discutindo com Johny em cima da ponte, próximo ao local onde o corpo foi localizado. Porém, a defesa alegou que não haviam provas técnicas de que houve homicídio, já que o relatório do IML apenas apontou a morte por afogamento. Por quatro votos a três os jurados concordaram com a alegação e por isso absolveram o réu.

Após a decisão, não conformado, o promotor de justiça Alexandre Serratine afirmou que irá recorrer a sentença.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”