Acusado de assassinato de jovem em Gaspar é condenado em júri popular

Um dos acusados do homicídio de Alexandre Vieira, de 23 anos, foi condenado nesta terça-feira (26), em Gaspar, após júri popular. Jhonata da Silva Souza, de 20 anos, e conhecido como Paraíba, recebeu a sentença de 12 anos de reclusão, iniciando em regime fechado. A defesa do réu disse que não irá recorrer.

Os familiares de Alexandre acompanharam o julgamento, e acreditavam numa pena maior. Porém, acreditam que a justiça começou a ser feita. A expectativa é que os outros dois acusados, Laerte Medeiros dos Santos, de 42 anos e Wesley Medeiros dos Santos, 18, também sejam condenados. Os dois estão presos e irão a júri popular em novembro deste ano.

Segundo inquérito da Polícia Civil, o trio teria dado quatro tiros em Alexandre, na manhã do dia 17 de junho de 2016. O caso aconteceu as margens da Rua Anfilóquio Nunes Pires, no Bairro Bela Vista, próximo a entrada do Loteamento Primavera, em Gaspar. A vítima chegou a cambalear até em casa, foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

A motivação do crime seria uma briga familiar por conta de uma dívida. Segundo a polícia, Larte e a família moravam de aluguel em uma quitinete do padrasto de Alexandre. Por conta de não pagamentos, Alexandre e o proprietário foram até o local para fazer a cobrança, que terminou em discussão e vias de fato. O jovem teria agredido o pai de Laerte, que jurou vingança e o ameaçou de morte.

 

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”