Operação combate fraudes na venda de combustíveis, em Blumenau

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira, 17, a Operação Falso Dígito, com o objetivo de fiscalizar e combater crimes de sonegação fiscal e consumidor. A força-tarefa contou também com o apoio da Secretaria de Estado da Fazenda, o Inmetro-SC e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A ação promoveu diversas fiscalizações nos postos de gasolina na região central de Blumenau, e promoveu vistorias em diversas frentes. O Inmetro analisou as bombas, a Receita Estadual vistoriou a documentação fiscal e a ANP verificou a qualidade do combustível. O objetivo é investigar uma denúncia de que dispositivos fraudulentos estariam sendo utilizados para adulterar a quantidade real de combustível vendida. A pena para quem comete esse crime vai de 2 a 5 anos de prisão, além de poder levar ao fechamento do posto por cinco anos.

A orientação da Polícia Civil é para que os consumidores que suspeitarem desse crime denunciem ao Procon, ao Inmetro ou à Polícia Civil. Nessa ação, uma bomba foi identificada com esse problema. Ela entregava 720ml a menos por cada 20 litros comprados. A bomba foi interditada.

Compartilhe

PinIt
“O espaço para a participação dos ouvintes internautas no site da Rádio Nereu Ramos, tem como missão principal promover o debate dos assuntos de interesse da sociedade e que são abordados pelo jornalismo da emissora.
Comentários que contenham palavrões, ataques e ameaças pessoais ou que incentivem a violência, discriminação ou ódio contra uma pessoa ou grupo de pessoas devido à religião, raça, origem ou ideologia política, serão sumariamente excluídos.
Também não serão permitidas postagens com conteúdo comercial. Ofertas de produtos são proibidas, assim como publicar endereço de sites que façam vendas online e banner publicitários.
A responsabilidade civil e penal sobre o conteúdo publicado é do autor do conteúdo enviado para o site da emissora.”